Cultura e eventos
A missão da Casa do Cante é criar e implementar um Plano de Salvaguarda para a Polifonia Tradicional. Em pleno Centro Histórico da cidade de Serpa é um espaço dedicado ao cante alentejano enquanto património cultural imaterial.
Produtos da nossa terra
Queijos
Saber +
Encomende aqui
Saber +
Presuntos
Saber +
Óleos Essenciais
Saber +
Home > Produtos > Monte do Vento (ADPM-Associação de Defesa do Património de Mértola)
Monte do Vento (ADPM-Associação de Defesa do Património de Mértola) Monte do Vento,chás ADPM,ervas aromáticas

Monte do Vento (ADPM-Associação de Defesa do Património de Mértola)

Chás, Ervas do Monte

Alecrim: 1,60€

Erva Cidreira: 2,10€

Erva Ursa: 2,10€

Erva Prata:1,60€Embalagem.pq.jpg

Freixo: 1,60€

Funcho: 1,60€

Fel do Mato: 1,60€

Hortelã-Pimenta: 2,10€

Lucia Lima:2,10€

Macela: 1,60€

Malva: 1,60€

Oliveira: 1,60€

Oregãos: 1,60€

Poejo: 2,10€

Rosmaninho Lilás: 1,60€

Salva: 2,10€

Tomilho: 2,10€

Urze: 2,10€

Peso aprox. da embalagem: 25 gr

Para encomendar carregue aqui.

A ADPM é uma Associação sem fins lucrativos.

Produto de Agricultura Biológica – Sistema de Controlo CE – ECOCERT PORTUGAL - PT -BIO- 02

 

Ervas do Monte

DSC02160.jpg

 

O Monte do Vento assume-se actualmente como uma área experimental e demonstrativa onde se desenvolvem estudos e projectos que promovem uma correcta gestão dos recursos naturais presentes e conciliam a conservação da natureza com o desenvolvimento sustentado da região. Algumas das acções procuram diversificar as alternativas de produção duma exploração agro-silvo-pastoril tendo em conta os recursos endógenos e apostar nos modos de produção agrícola ecológicos que promovam a utilização sustentável do meioDSC02162.jpg ambiente.

Entre estas acções destaca-se a Produção de Plantas Aromáticas e Medicinais que teve início em 1998 e que se desenvolve em modo de produção biológico desde Junho de 2002. O modo de produção biológico implica o cumprimento, a preceito, de determinadas regras, nomeadamente, na utilização de matérias orgânicas para melhoramento da fertilidade dos solos, na utilização do sistema de rega gota-a-gota, para poupança da água, no controlo das pragas que afectam as plantas de forma natural, sem utilização de produtos nocivos ao meio ambiente.

Com esta actividade assegura-se a produção de cerca de 20 espécies de plantas, como alecrim, Scan714.jpgalfazema, lúcia-lima, tomilho, erva-ursa, poejo, rosmaninho e macela, utilizadas para chá e culinária. As plantas são reproduzidas em viveiros através de sementes ou estacas provenientes de plantas autóctones recolhidas pontualmente na natureza. Depois de enraizadas são transplantadas para vasos ou colocadas em terreno definitivo (depende das características de cada uma). Feita a colheita (o número de cortes também varia de planta para planta), são colocadas numa estufa apropriada, onde podem ficar entre dois a três dias e em que a única fonte de calor é o sol. Segue-se o embalamento com a marca "Ervas do Monte”.Scan715.jpg

Tendo sempre presente a vertente demonstrativa, a ADPM tem o objectivo de, a curto prazo, produzir óleos essenciais a partir da destilação destas plantas. Estes óleos poderão ser vendidos para a indústria da cosmética e incluídos em perfumes ou cremes.

A utilização destas plantas aromáticas e medicinais tem na região uma antiga tradição, tendo sido aproveitadas, desde tempos longínquos, pelas comunidades locais para os mais variados propósitos, desde os mais vulgares e comuns como o uso medicinal, a apicultura e a culinária, até aos usos mais simbólicos, como a protecção dos maus-olhados.

estufa.jpgCom o fim de salvaguardar e divulgar o saber popular associado ao conhecimento destas plantas e das suas inúmeras potencialidades e aplicações a ADPM editou a publicação “Etonobotânica de Plantas Medicinais do Vale do Guadiana”, na qual se destacam as 64 espécies de plantas mais referenciadas e conhecidas pelas comunidades locais e se descrevem os seus diferentes benefícios.

 

 

Alecrim.jpgMacela.jpgUrze.jpgrosmaninho.jpg        Alecrim                    Macela                         Urze                    Rosmaninho